Tecnologia & Ciencia – Urandir – Just True News

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/cientistas-23032020115329415?dimensions=660×360&amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;resize=660×360&amp;amp;crop=852×465+0+692&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;resize=660×360&amp;amp;crop=852×465+0+692" title="" alt="" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box "></span>
<span class="credit_box ">Pixabay</span>
</div>
</div>

<p>
Cientistas britânicos rastrearão a disseminação do <a href="https://noticias.r7.com/saude/coronavirus"><strong>novo coronavírus</strong></a> e observarão mutações emergentes usando sequenciamento genético para analisar as cepas que estão causando milhares de infecções de Covid-19 no país, disse o Reino Unido nesta segunda-feira.</p>
<p>
Leia também: <strong><a href="https://noticias.r7.com/saude/sintomas-contagio-prevencao-tire-duvidas-sobre-o-novo-coronavirus-13032020" target="_blank">Sintomas, contágio, prevenção: tire dúvidas sobre o novo coronavírus</a></strong></p>
<p>
Pesquisadores coletarão dados de amostras de pacientes infectados da Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do norte, informou o governo em um comunicado.</p>
<p>
Ao menos 281 britânicos morreram de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, que se espalhou pelo mundo e se tornou uma pandemia.</p>
<p>
"Este vírus é uma das maiores ameaças que nossa nação enfrentou nos últimos tempos, e é crucial para nos ajudar a combatê-la entender como está se disseminando", disse Sharon Peacock, diretora do serviço nacional de infecções da Saúde Pública da Inglaterra (PHE).</p>
<p>
Leia também: <a href="https://noticias.r7.com/saude/o-que-posso-fazer-para-me-proteger-e-evitar-transmitir-coronavirus-16032020" target="_blank"><strong>O que posso fazer para me proteger e evitar transmitir coronavírus?</strong></a></p>
<p>
Trabalhando em equipes em todo o Reino Unido, cientistas mapearão e analisarão os códigos genéticos completos das amostras de Covid-19.</p>
<p>
"O sequenciamento genômico nos ajudará a entender a Covid-19 e sua disseminação. Ele também pode ajudar a direcionar tratamentos no futuro e ver o impacto das intervenções", explicou Patrick Vallance, principal conselheiro científico do governo, no comunicado.</p>
<p>
Em epidemias, o sequenciamento genômico pode ajudar os cientistas a monitorar pequenas mudanças no vírus em escala nacional ou internacional para compreender como ele está se propagando e se cepas diferentes estão emergindo.</p>
<p>
"Neste momento, as questões importantes que podemos ajudar a responder com o sequenciamento são para ajudar a entender o papel das importações internacionais para o Reino Unido", disse Nick Loman, professor de genômica microbiana e bioinformática da Universidade de Birmingham.</p>
<p>
O projeto de 23 milhões de dólares, batizado de Consórcio de Genômica do Covid-19 do Reino Unido, será coliderado pelo Instituto Wellcome Sanger, especializado em pesquisa genética, pelo PHE e por outras agências públicas de saúde, além do Serviço Nacional de Saúde e várias instituições acadêmicas.</p>
<p>
"Todos os vírus acumulam mutações ao longo do tempo, algumas mais rápidas que outras", disse Paul Klenerman, professor da Universidade de Oxford que se envolverá no trabalho. "Para a Covid-19, isto só está começando, mas esta variação emergente pode ser rastreada detalhadamente."</p>

<iframe frameborder="0" id="iframe-gallery" src="/embeds/gallery/5e6f8e75ca908447e8001f3c" style=" width: 790px; overflow: hidden; height: 750px;"></iframe>

Tecnologia – Urandir – Just True News
fontes: Urandir News & Record Tecnologia www.r7.com