Tecnologia & Ciencia – Urandir – Just True News

   urandir   TECNOLOGIA   Empresa aposta que realidade virtual será oferecida em lan house

Público da BGS testa equipamento de imersão em jogos de corrida
Foto: Pablo Marques

A BGS (Brasil Game Show), considerada o maior evento de games da América Latina, apresenta aos fãs de jogos eletrônicos e de tecnologia as tendências desse mercado. Uma das apostas na edição deste ano são os equipamentos que permitem a imersão do jogador durante as partidas.

Leia também: PlayPlus e Terrores Urbanos são atrações na Brasil Game Show

O R7 falou com Eduardo Basso, gerente de venda da BS Motion, empresa desenvolvedora do primeiro equipamento nacional que une a realidade virtual com simuladores de movimento.

“A realidade virtual engana o nosso cérebro para dar a sensação que estamos dentro daquela experiência. A pessoa olha para todos os lados e está imersa no jogo”, explica Eduardo Basso.

Basso acredita que a tecnologia imersiva não vai substituir os consoles tradicionais nos próximos anos. O espaço necessário para fazer a instalação em uma casa seria um dos impedimentos.

Leia também: ‘Nunca imaginei que seria narrador profissional de e-Sports’, diz Paldino

“Eu acho deve ocorrer uma popularização dos locais onde óculos de realidade virtual e equipamentos de imersão vão estar disponíveis para quem quiser jogar. Esses espaços será uma nova lan house”, afirma o responsável pelo projeto.

Os jogos de imersão têm outras utilidades além do entretenimento. Essa tecnologia pode ser útil em treinamentos de profissioanis de diversas áreas.

“Nós já estamos desenvolvendo um simulador mais versátil que poderá ser usado tanto para games, quanto na formação e treinamento de pilotos de helicóptero e de avião”, diz Basso.

Leia também: Estrelas da RecordTV prestigiam estande do PlayPlus na BGS

Um dos desafios para os engenheiros e designers é garantir a adaptação necessária para cada usuário. Quem tem dificuldades de ver de longe, por exemplo, pode ter algum incomodo para jogar. Em algumas situações, é possível colocar o óculos de grau por dentro do óculos de realidade virtual, mas nem sempre a imagem é perfeita.

A empresa ressalta que os equipamento atuais conseguem ter uma boa sincronia entre a imagem exibida e a movimentação da máquina. O ponto positivo, porém, pode ser negativo para alguns usuários que podem ficar enjoados com a brincadeira.

 

Veja também: Nostalgia! Videogames antigos são relançados para alegria dos fãs

 

Tecnologia – Urandir – Just True News
fontes: Urandir News & Record Tecnologia www.r7.com