Saúde – Urandir & Just-True News

<p>A história trágica do parto de uma mãe de apenas 25 anos na Nova Zelândia chamou atenção para os riscos da cesariana. A jovem Tammy Nathan-Belk acabou falecendo repentinamente, após passar por um parto cesariana de emergência no dia 27 de outubro.</p>
<p>Tammy já tinha três filhos com seu marido Troy Ruka, de 27 anos, e todos os partos aconteceram sem complicações. Quando a pequena Koraleigh nasceu de forma saudável, o casal imaginou que a experiência com sua quarta filha seria da mesma forma.</p>
<p>Porém, com o passar dos dias, Tammy começou a sentir dores abdominais muito fortes e, mesmo tomando os remédios recomendados pelos médicos, no décimo dia após o parto, seu estado de saúde piorou repentinamente.</p>
<p>"Ela estava com dores no estômago, então se consultou com seu médico local e recebeu analgésicos. Tudo aconteceu tão rápido a partir daí, ela estava em casa e de repente ficou agonizando. Troy chamou uma ambulância, mas ela morreu a caminho do hospital", contou a mãe de Tammy, Tania Belk, ao site Stuff.</p>
<p>Chegando no hospital, os médicos explicaram para a família que o corpo da jovem havia rejeitado os pontos internos da cesárea e, por isso, ela acabou desenvolvendo apendicite aguda. O caso ainda está sendo investigado pela equipe médica para entender se esta foi realmente a causa da morte ou se houve algum erro dos profissionais.</p>
<p><strong>Riscos do parto cesariana</strong></p>
<p>Por ser uma cirurgia de grande porte, o parto cesariana apresenta alguns riscos tanto para a mãe quanto para o bebê. Entenda quais são:</p>
Problemas decorrentes da anestesia (choque anafilático, queda brusca de pressão, e aspiração para o pulmão de comida/conteúdo do estômago se não tiver em jejum)
Atonia uterina, ou seja, de que o útero não consiga contrair-se adequadamente e suficientemente a ponto de garantir um estancamento do sangramento
Hemorragias, sangramento aumentado e até perda do útero por hemorragia uterina
Embolia pulmonar ou embolia amniótica
Infecções, principalmente nas mulheres que já têm alguma doença, defeitos da imunidade ou defesa do organismo, e nas que possuem mais tecido gorduroso
Trombose
Aderências de alças intestinais e bexiga no útero
Dor no pós operatório, que leva a dificuldade de amamentação e cuidados com o bebê
Nascimento prematuro, se o nascimento foi realizado antes de completar o termo (tempo certo do bebê nascer, que deve ser após 39 semanas)
Desconforto respiratório para o bebê, com dificuldade de respirar ao nascer
<p><strong>Saiba mais sobre parto cesariana</strong></p>
<p><a href="http://www.minhavida.com.br/familia/tudo-sobre/33843-cesariana" target="_blank">Cesariana</a> (parto cesárea) dói? Veja passo a passo
<br>Parto normal e <a href="http://www.minhavida.com.br/familia/listas/15841-parto-normal-e-parto-cesarea-entenda-as-diferencas" target="_blank">parto cesárea</a>: entenda as diferenças
<br><a href="http://www.minhavida.com.br/familia/materias/17522-cesariana-humanizada-existe-e-pede-cuidados-para-se-feita" target="_blank">Cesariana humanizada</a> existe e pede cuidados para se feita</p>

Saúde – Urandir & Just-True News
fonte: R7 Saúde r7.com