Urandir News – Notícias Internacionais

Social democratas vencem em Hamburgo  Just True Urandir Pesquisa Ciencia Ufologia Tecnologia  87b5 2020 02 23t172232z 59785088 rc2h6f9att4x rtrmadp 3 germany elections reactions spd   urandir   MUNDO   Social democratas vencem em Hamburgo
Apesar de baixas em relação a 2015, SPD deve manter a prefeitura da metrópole no Norte alemão. Verdes têm ótimo desempenho. Escândalo na Turíngia custou votos a liberais, democratas-cristãos e populistas de direita. Com prefeito Peter Tschentscher (c.), SPD permanece principal força política de Hamburgo
Reuters/Christian Mang
O Partido Social-Democrata (SPD) da Alemanha, representado pelo prefeito Peter Tschentscher, venceu neste domingo (23) as eleições municipais em Hamburgo com quase 38% dos votos, segundo as primeiras projeções de boca de urna. O Partido Verde vem atrás, com 25,5%.
A conservadora União Democrata Cristã (CDU) apresentou queda recorde na cidade hanseática, ficando apenas com 11% nas urnas, limitando-se portanto a 15 ou 16 mandatos na próxima Câmara municipal. Paul Ziemiak, secretário-geral da legenda da chefe de governo Angela Merkel, justificou o mau desempenho com o escândalo eleitoral na Turíngia.
A crise política nesse estado do Leste Alemão foi desencadeada quando, no início de fevereiro, Thomas Kemmerich foi eleito governador com votos de seu próprio Partido Liberal Democrático (FDP), da CDU e da populista de direita Alternativa para a Alemanha (AfD) – quebrando o tabu político no país contra a colaboração com representantes da extrema direita. Kemmerich acabou renunciando, e foram marcadas novas eleições.
De volta a Hamburgo, tanto a AfD quanto o FDP estão ameaçados de ficar fora do parlamento municipal. Segundo as projeções, os liberais contariam apenas 5% dos votos – percentagem exata para ingresso no órgão –, enquanto os populistas se limitariam a 4,9%. “Os agitadores e alarmistas estão de fora”, festejou no Twitter o ministro alemão do Exterior, Heiko Maas (SPD), sem mencionar diretamente a AfD.
Apesar da vitória, os social-democratas sofreram baixas significativas na metrópole do Norte da Alemanha. No último pleito, em 2015, eles haviam ficado com 46,6%. Por sua vez seus parceiros de coalizão, os verdes, quase dobraram seu desempenho anterior nas urnas, que fora de 12,3%.

Urandir – Notícias Internacionais
Matéria original publicada em globo.com