Urandir News – Notícias Internacionais

Donald Trump diz que recebeu uma linda carta do líder da Coreia do Norte  Just True Urandir Pesquisa Ciencia Ufologia Tecnologia  3a26 2019 06 11t212731z 288179302 rc154339eca0 rtrmadp 3 usa trump   urandir   MUNDO   Donald Trump diz que recebeu uma linda carta do líder da Coreia do Norte
Presidente dos EUA também se opôs ao uso de informantes da CIA contra o regime de Kim Jong-un após reportagem do ‘Wall Street Journal’ . Trump não descarta novo encontro com ditador norte-coreano. Donald Trump discursa no Iowa nesta terça-feira (11)
Kevin Lamarque/Reuters
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira (11) que recebeu uma “linda carta” do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un. O norte-americano também disse que se opõe ao uso de informantes da CIA contra o regime norte-coreano.
Trump deu entrevista um dia depois de o jornal “Wall Street Journal” noticiar que o falecido meio-irmão do líder norte-coreano, Kim Jong-nam, era informante da Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos (CIA). Kim Jong-nam foi assassinado no aeroporto de Kuala Lumpur, na Malásia, em fevereiro de 2017.
Homem morto no aeroporto da Malásia seria Kim Jong-nam, irmão mais velho do líder norte-coreano, Kim Jong-un
Kyodo News via AP
“Realmente recebi uma carta linda de Kim Jong-un… agradeço a carta. Vi a informação sobre a CIA no que diz respeito ao seu irmão, ou meio-irmão. E lhe direi que isso não acontecerá no meu… eu não deixaria isso acontecer”, afirmou.
“Uma carta muito calorosa, muito simpática”, disse Trump. “Acho que a Coreia do Norte tem um potencial tremendo”.
O governo dos EUA tenta retomar o ímpeto nas conversas travadas com Pyongyang para convencer a Coreia do Norte a desmantelar o programa de armas nucleares. Trump e Kim se encontraram pela última vez neste ano em Hanói, mas não conseguiram firmar um acordo de desnuclearização.
Trump espera ‘algo positivo’
O presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, caminham pelo jardim do hotel Metropole, em Hanói, no Vietnã, na quinta-feira (28)
Reuters/Leah Millis
Em declaração a repórteres na Casa Branca, Trump acrescentou: “Acho que vai acontecer algo que será muito positivo”, mas não deu detalhes.
Trump não descartou outra reunião com Kim em breve. Ele deve viajar ao Japão e à Coreia do Sul no final deste mês.
Além disso, o presidente dos EUA disse que, até agora, Kim manteve suas promessas de não testar mísseis balísticos de longo alcance ou de realizar testes nucleares subterrâneos.
Em maio, a Coreia do Norte realizou um “ensaio de ataque” com diversos lançadores, disparando armas táticas teleguiadas em um exercício militar supervisionado por Kim. 

Urandir – Notícias Internacionais
Matéria original publicada em globo.com