Esportes Notícias – Urandir & Just-True News

Clubes têm contratado bem e poderão ficar mais próximos do Flamengo  Just True Urandir Pesquisa Ciencia Ufologia Tecnologia  03ea 15790459285e1e5428200a4 1579045928 3x2 xl   urandir   ESPORTE   Clubes têm contratado bem e poderão ficar mais próximos do Flamengo

Os clubes brasileiros têm contratado bem e gastado muito menos que em anos anteriores. Poderão ficar, tecnicamente, menos distantes do Flamengo, que também reforçou o elenco, apesar da saída de Reinier. O jovem, contratado pelo Real Madrid, destaca-se muito pela técnica e pela lucidez, diferentemente de outros jovens brasileiros, como Vinícius Araújo e Michael, que são mais habilidosos e velozes do que técnicos. Provavelmente, Reinier terá mais chances de se tornar um craque mundial.

Por parecer, às vezes, um peladeiro, existe ainda muita dúvida, carregada de preconceito, se Michael vai se dar bem no Flamengo. Além disso, ele joga mais pela esquerda, onde o time já tem Bruno Henrique, Vitinho, Pedro Rocha, além de Arrascaeta, um armador por aquele lado. O Goiás era também um time de contra-ataque, para aproveitar a velocidade de Michael. No Flamengo, ele vai enfrentar defesas mais fechadas, com menos espaços.

No ano passado, no Flamengo, todos atuaram em mais de uma posição, mas há sempre um lugar preferido. Bruno Henrique, no Santos, atuava quase somente encostado à lateral, um desperdício. No Flamengo, com Jorge Jesus, ele entra, com frequência, pelo meio, para finalizar ou dar passes decisivos.

No Palmeiras, Luxemburgo vai escalar Felipe Melo de zagueiro. Pode dar certo, pois ele é alto, cabeceia bem e tem ótimo passe. Por outro lado, se o Palmeiras marcar mais à frente, como dizem que fará, vai precisar de zagueiros velozes, o que não é o caso de Felipe Melo. Além disso, por sua virilidade excessiva e alguns apagões da consciência, haverá mais riscos de pênaltis e faltas perto da área.

Felipe Melo seria ainda melhor como volante se jogasse mais centralizado, ao lado de um meio-campista de cada lado, que ataca e defende. Seria o iniciador das jogadas ofensivas. Isso acontece nos melhores times do mundo, com Casemiro, no Real Madrid, Busquets, no Barcelona, e tantos outros. Nos dois últimos anos, Felipe Melo atuou ao lado de Bruno Henrique e de um meia de ligação. Ele tinha de se movimentar mais e correr muito atrás do adversário.

Apesar de o futebol ter mudado no meio-campo, em quase todos os grandes times do mundo, no Brasil, continuam avaliando esse setor como se existisse o primeiro volante, o segundo volante e o meia de ligação.

O Corinthians se reforçou. A liberação de Ralf e de Jadson tem muito mais a ver com a mobilidade do que com a idade. O técnico Tiago Nunes gosta de muita movimentação e de aceleração para chegar ao ataque. Ralf, mesmo quando jovem, demorava um longo tempo para ajeitar o corpo, dominar a bola e dar um passe. Esse foi o padrão brasileiro de volantes durante longo tempo.

No São Paulo, há uma grande expectativa de que Hernanes e Pato joguem melhor neste ano e que o time atue no estilo Fernando Diniz, de troca de passes e de posse de bola, o que ainda não ocorreu.

O Atlético-MG contratou bem, com as chegadas do técnico Dudamel e do bom volante Allan, que tem condição de ser titular em qualquer grande time brasileiro.

Já no rival, o técnico Adilson Batista e o zagueiro Léo assumiram o compromisso de reerguer o Cruzeiro. Vão precisar de muita ajuda.

Enquanto isso, o técnico Sampaoli, que não acertou com ninguém, pela fortuna que pediu, teria comprado um apartamento no Rio, em Copacabana, de frente para a praia, seu sonho de consumo. Espera que, em maio, Jorge Jesus saia e ele assuma o comando do Flamengo.

facebook profile!

Esportes Notícias – Urandir & Just-True News
fontes: folha.com.br & Urandir News